A NOVA POLÍTICA

Você sonha com uma sociedade mais justa e democrática? Como você definiria esta sociedade com a qual almeja? E a nova política para esta sociedade, iria se desenvolver de que forma? Com ampla e ativa participação das cidadãs e dos cidadãos envolvidos? E se lhe dissessem que esta forma de política participativa já existe no Brasil e está em pleno exercício em Florianópolis, você teria interesse em participar?

Atualmente, os assuntos relacionados à política estão em alta no Brasil. Não há, hoje em dia, quem não esteja minimamente antenado com o que ocorre no panorama político-social-econômico em nosso país. Muitas reclamações e lamentações acerca da Velha Política reverberam por todo o país e não é diferente em Santa Catarina e Florianópolis. Desta nação continental, porém, quais ações nós brasileiras e brasileiros que querem fazer a diferença estamos efetivamente implementando em nosso meio para que possamos ter uma verdadeira Nova Política em nosso País?

Em Florianópolis, após anos de incansável trabalho e luta de várias entidades da sociedade civil e da população, as quais buscam por uma Nova Política para sua cidade, onde a sociedade pudesse participar de forma direta e efetiva nos rumos de seu desenvolvimento social e econômico, hoje se tem muito a comemorar, pois a Lei da Política Participativa já é uma realidade vivenciada e festejada pelos habitantes da Ilha da Magia. Por força da Lei Municipal 10.461 de 2018, os cidadãos Florianopolitanos hoje conseguem definir de forma direta, democrática e sem intermediários políticos, o destino de parte significativa dos recursos públicos municipais, determinando assim, em quais projetos, sejam eles culturais, ambientais, educacionais, de infraestrutura, saúde, etc. Estas propostas são aplicadas, amparados na forte atuação de suas entidades da sociedade civil organizada, junto aos Conselhos de Desenvolvimento Regional do Município (CDRs)!

Nas reuniões dos CDRs, a população participa ativamente das discussões sobre todos os assuntos de interesse de sua região. E, é nestes encontros da comunidade junto aos Conselhos de sua Região, que a verdadeira política da nossa sociedade emerge de forma cristalina e legítima, eis que é neste momento que se discute o bem comum pelos cidadãos e pelas cidadãs do Município, é ali que se define – diretamente pela sociedade – o desenvolvimento de uma cidade sustentável, justa e igualitária para todas e todos os moradores de Florianópolis!!

Esta é ou não é a Nova Política que queremos ver de Norte a Sul do Brasil? Política Participativa de verdade, na qual todas e todos tem voz na sociedade! Vamos espalhar essa idéia!!

Florianópolis, 24/09/2021

Rafaela Coimbra, Carlos F Fronza e GT-Impulsionador

100 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo